23 fevereiro 2009

And the Oscar goes to...

Photobucket

E pronto. Slumdog Millionaire é o grande vencedor da noite com 8 Oscares em 10 nomeações. Além de Melhor Filme venceu também, entre outros, o galardão de Melhor Banda Sonora apesar de haver, entre os nomeados, melhor música. Venceu ainda na categoria de Melhor Realizador com Danny Boyle, à primeira nomeação, a levar a estatueta para casa e a deixar pelo caminho cineastas como David Fincher e Gus van Sant.

Sean Penn arrecadou o prémio para Melhor Actor por Milk. Apesar de não ser o meu actor favorito, sempre lhe reconheci o talento e mereceu ser uma (quase) surpresa da noite. Fez também um dos melhores discursos da cerimónia. Quanto à Melhor Actriz, o Oscar é de Kate Winslet que, à sexta nomeação, leva finalmente a estatueta pelo papel em The Reader. Heath Ledger venceu, sem surpresas, o Oscar póstumo como Melhor Actor Secundário pelo papel de Joker, em The Dark Knight. E a espanhola Penélope Cruz venceu o prémio de Melhor Actriz Secundária por Vicky Cristina Barcelona. Sempre disse que ela era o filme.

Também como era esperado, o Oscar para Melhor Filme de Animação foi para Wall-E. A Pixar volta a ganhar a estatueta depois de ter também vencido com Ratatoille no ano passado. Numa cerimónia com poucas surpresas, o derrotado da noite acaba por ser The Curious Case of Benjamin Button com apenas 3 Oscares em 13 nomeações. Esta foi ainda a noite de Hugh Jackman que provou ser um anfitrião versátil. Dançou, fez rir e até cantou.

Lista completa de premiados:

Melhor Filme: Slumdog Millionaire
Melhor Realizador: Danny Boyle, Slumdog Millionaire
Melhor Actor: Sean Penn, Milk
Melhor Actriz: Kate Winslet, The Reader
Melhor Actor Secundário: Heath Ledger, The Dark Knight
Melhor Actriz Secundária: Penélope Cruz, Vicky Cristina Barcelona
Melhor Argumento Original: Dustin Lance Black, Milk
Melhor Argumento Adaptado: Simon Beaufoy, Slumdog Millionaire
Melhor Filme Estrangeiro: Departures, Yojiro Takita (Japão)
Melhor Filme de Animação: WALL-E, Andrew Stanton
Melhor Curta-Metragem de Animação: La Maison en Petites Cubes, Kunio Katô
Melhor Documentário: Man on Wire, James Marsh
Melhor Documentário (Curta-Metragem): Smile Pinki, Megan Mylan
Melhor Curta-Metragem: Spielzeugland aka Toyland, Jochen Alexander
Melhor Fotografia: Anthony Dod Mantle, Slumdog Millionaire
Melhor Direcção Artística: The Curious Case of Benjamin Button
Melhor Montagem: Slumdog Millionaire
Melhor Guarda-Roupa: The Duchess
Melhor Caracterização: The Curious Case of Benjamin Button
Melhor Efeitos Visuais: The Curious Case of Benjamin Button
Melhor Montagem de Som: The Dark Knight
Melhor Mistura de Som: Slumdog Millionaire
Melhor Banda Sonora: A.R. Rahman, Slumdog Millionaire
Melhor Canção: Jai Ho, Slumdog Millionaire

9 comentários:

Sam disse...

De facto, a única surpresa da noite (para mim) foi no Filme Estrangeiro.

Todos contavam que fosse para VALSA COM BASHIR, mas o Oscar acaba por "viajar" para o Japão.

Cumps.

Harry_Madox disse...

O Oscar da Penélope deve ter sido um dos mais fáceis de ganhar de sempre... qual é o grau de exigência daquele papel!!!???

Victor Afonso disse...

E uma das estrelas da noite foi sem dúvida Hugh Jackman!

wasted blues disse...

Sam: ainda pensei que fosse para "A Turma"! O Sean Penn acaba por ser uma semi-surpresa, todos esperavam a vitória do Rourke.

Harry: não sou actriz, mas acho que ela está muito bem no "Vicky Cristina Barcelona"! E já sabes como a Academia gosta de "compensar", ela tinha sido nomeada há 2 anos por "Volver"...

Victor: sem dúvida! Homem lindo :P

menina limão disse...

Eu ia começar por comentar o post, mas agora não consigo, é imperativo dirigir-me ao Harry_Madox:

- ouça, querido, você está louco? prefiro pensar que sim, pá. ;)

prosseguindo:

1. Fiquei muito contente pela espanholita, nem preciso de explicar, já sabes o que penso.

2. Revirei-me na cadeira com o prémio para melhor banda sonora. Aquela música do momento do reencontro entre os dois miúdos no final do Slumdog é PIROSÉRRIMA. Aliás, todo esse momento é uma lamechice sem nome e o filme acaba mesmo mal.

3. A Meryl Streep foi o melhor dos Óscares. E esteve ali sentadinha. Grande mulher, é a maior.

4. Fiquei contente com o óscar de melhor argumento para o Milk.

5. Estive a torcer pelo Gus Van Sant, porra, que frustração.

6. Quanto ao óscar para melhor filme estrangeiro, esperava das duas uma: ou que ganhasse A Turma (ié!), ou que ganhasse A Valsa com Bashir (o que à partida seria óptimo para o Cineclube, que o tinha em exibição por mais um dia). Não conheço o que ganhou, por isso fico-me por aqui.

e é isto. veijos.

Cláudia disse...

De acordo contigo, miúda! Mas nos realizadores torcia mais pelo Fincher! Mas se não fosse o Fincher, que fosse o Gus van Sant!!

Anónimo disse...

Olá priminha,
Estive a dar uma vista de olhos no teu blog e achei muito profissional, fiquei a saber das novidades da Noite dos Óscares...Obrigada, continua, que vais muito bem!
Bejos
CBandarra (Rónia)

Cláudia disse...

Finalmente! Que sejas muito bem-vinda :D

Rónia disse...

Continua o bom trabalho.
Bejos
Kunamy & Rónia