25 maio 2007

This is the end...

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Paul Newman anunciou, aos 82 anos, o adeus aos filmes. O lendário actor diz que já não é capaz de interpretar ao nível que gostaria. Confessa ainda que começa a perder a memória, a confiança e a capacidade de improviso. São 55 anos de carreira e mais de 70 filmes que ficam para o recordar.

Para mim, os seus belos olhos azuis vão ser sempre inesquecíveis...

... tal como os seus papéis em Butch Cassidy and the Sundance Kid, Cat on a Hot Tin Roof, Torn Curtain ou Cool Hand Luke, entre outros.

9 comentários:

Paulo disse...

Que forma triste de começar o dia. Ainda assim, cheguei a assustar-me mais, porque li o título do post e depois vi a foto e pensei que o homem tinha morrido :-|

Knoxville disse...

O filme de Newman que mais me marcou foi sem dúvida alguma o Cool Hand Luke. Acho que faz bem em anunciar a retirada, invés de esperar que alguém (ou algo) o faça por ele. Pode ser que assim receba as devidas homenagens enquanto estiver vivo, e não, como é costume, com prémios póstumos.

Cumprimentos Wasted :)

S.B. disse...

uma grande perda na representação cinematográfica. admiro-o imenso como actor mas como pessoa também :)

H. disse...

Estes anúncios são sempre de desconfiar... Por isso fico a aguardar que este actor maravilhoso volte ao activo... (apesar de acabar sempre por preferir vê-lo na bela flor da juventude :P )

wasted blues disse...

paulo: pois, pensando nisso, o título pode ser um pouco macabro :S

knoxville: esse filme é genial! Ele já recebeu alguns prémios e homenagens, nomeadamente o Óscar de carreira ;)

s.b.: ao menos tem a vantagem de sair em grande, com dignidade! :)

helena: sim, mas aos 82 anos e tendo em conta quem é, eu acredito. Apesar de ele ser magnífico em jovem, olha que fez grandes papéis já velhote. Por exemplo, já viste uma mini-série chamada 'Empire Falls'?

JVN disse...

Vi-os todos. O Torn Curtain tem aquela, quê, meia hora?, da fuga de autocarro. O Hitchcock podia não gostar muito do filme, mas foi o suspense mais inesquecível que já vi. Quanto ao Newman, bem, merece ser feliz.

H. disse...

Não digo que não. Não vi Empire Falls mas vi-o magnânimo no tão esquecido Road to Perdiction... Só que, convenhamos, novo ele era irresistível... ;)

wasted blues disse...

Era ;)

Se quiseres empresto-te a mini-série!

zarolho disse...

É uma pena mas mais vale sair enquanto o admiramos do que quando começar a arrastar-se. De qualquer forma ele será eterno.