14 maio 2007

Folha em branco

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Lars Von Trier sofreu uma depressão no princípio do ano que o deixou "como uma folha de papel em branco". Numa entrevista ao jornal Politiken, o realizador diz ter dúvidas de que volte a filmar, até porque se sente vazio - "É muito estranho para mim, porque eu tive sempre pelo menos três projectos na cabeça".

O cineasta esteve internado para tratamento e, quando saíu do hospital, sentiu-se sem ânimo e sem vontade de trabalhar. "Não se pode fazer um filme e ao mesmo tempo estar deprimido. Dizem-me que são necessários dois anos para recuperar de uma depressão. Vamos esperar para ver". Devido à depressão, Lars von Trier acrescentou ainda que o plano de começar a rodar, em meados deste ano, Antichrist, está agora em dúvida.

Reuter 3 - 12-05-2007 19:26:47 - DENMARK-VONTRIER/DEPRESSION

Nota: Ainda este Sábado vi Manderlay, depois de me ter cansado de esperar pela sua estreia em Portugal. Pergunto-me agora pelo destino de Wasington.

7 comentários:

joseo disse...

pois, esses medriquinhas já nem coragem têm para estrear um Lars Von Trier, mesmo sabendo do publico que tem em Portugal...

quanto ao resto: Força Lars

cump.

Hugo disse...

Como eu entendo o Lars...Há que seguir a máxima de Jean Genet: desdobrar-se, multiplicar-se.

Luís Alves disse...

FORÇA LARS, NÃO DESITAS DO CINEMA QUE O CINEMA NÃO DESISTE DE TI

bbrown disse...

Conhecendo a sua obra, o que me surpreende é que isto não tenha acontecido mais cedo.

É pena. Pelo menos "Os Idiotas" já ninguém nos tira.

Carlos Pereira disse...

O que achaste do Manderlay Claudia?

gustavosampaio disse...

oh, como é que arranjaste o manderlay? também quero...

:/

wasted blues disse...

joseo: de facto, é uma vergonha o filme não ter estreado. Pelo que me recordo, o 'Dogville' ainda encheu salas.

hugo: ... respirar fundo e seguir em frente!

luís: é um realizador surpreendente, que desta vez foi surpreendido. Logo vemos o que acontecerá.

bbrown: ou 'Breaking the Waves', esse filme supremo que me apresentou a Trier :)

carlos: gostei bastante, embora perca um pouco em relação a 'Dogville' por perder algum do impacto visual, alguma da surpresa.

gustavo: desisti de esperar pela estreia e pelo DVD portugueses e aproveitei uma promoção do filme na amazon inglesa ;)