16 janeiro 2007

Contagem decrescente

Photobucket - Video and Image Hosting

Noite de Globos. Algumas considerações. Sem listas exaustivas.

Babel e The Departed eram, à partida, os grandes favoritos, tendo em conta o número de nomeações, mas acabaram por constituir uma das poucas surpresas da noite. Para The Departed, apenas um galardão - Martin Scorsese foi considerado o melhor realizador, derrotando (duplamente) Clint Eastwood que estava nomeado por Flags of Our Fathers e Letters of Iwo Jima. Resta saber se os Óscares vão seguir esta tendência e dar a Scorsese a primeira estatueta dourada.

Quanto a Babel, um prémio em sete nomeações. O filme de Alejandro Gonzalez Iñarritu foi considerado a melhor obra dramática. Na categoria de comédia ou musical, o melhor foi Dreamgirls, que acabou por ser o filme mais premiado da noite, ao receber prémios nas categorias de melhor actor e actriz secundários. Um filme que pode ficar conhecido pela redenção de Eddie Murphy perante os olhos da crítica. Até porque é preciso não esquecer que, na mesma categoria, concorriam Jack Nicholson, Mark Wahlberg e Brad Pitt.

Clint Eastwood perdeu como realizador, mas Letters of Iwo Jima valeu-lhe o prémio de melhor filme estrangeiro, o que deixou para trás Apocalypto de Mel Gibson e Volvér de Pedro Almodóvar. Em animação o vencedor foi Cars, o último filme da Pixar.

Quanto aos prémios de interpretação, Helen Mirren venceu o prémio de melhor actriz dramática pelo papel em The Queen, onde interpreta Isabel II de Inglaterra, um filme que também obteve o Globo para melhor argumento. Uma vencedora sem surpresas nos Globos, Helen Mirren já tem o Óscar praticamente ganho. Também sem surpresas, Meryl Streep venceu na categoria de melhor actriz de comédia por The Devil Wears Prada. Quanto aos actores, Sasha Baron Cohen… ou seja… Borat, foi considerado o melhor em comédia. Enfim... Já Forrest Whitaker venceu em drama, pelo filme The Last King of Scotland, outro Globo com cheiro a Óscar. Tal como Clint Eastwood, aqui foi Leonardo DiCaprio que saiu duplamente derrotado. O actor estava nomeado por The Departed e Blood Diamond. O prémio de carreira foi para o actor, produtor e realizador Warren Beatty.

Quanto aos prémios de televisão, o meu destaque vai apenas para uma categoria. O grande Dr. House, ou melhor, Hugh Laurie, foi o vencedor na categoria de melhor actor dramático.

Que comece a contagem decrescente para os sempre polémicos, mas inevitavelmente charmosos... Óscares.

10 comentários:

Insano disse...

Um outro apontamento.... a dupla que esteve a comentar no AXN conseguiu a fantástica proeza, de ser ainda mais irritante que as duplas apresentadas pela TVI...

wasted blues disse...

Só consegui ir acompanhando as imagens e a actualização de informação. Som não... e parece que ainda bem :P

shivers disse...

Não costumo ver os globos de ouro, apesar de me interessar e gostar da consulta... Sempre preferi os Oscares, portanto que venham eles... ;)

Martin Scorsese rules... :D

o habitante disse...

Engraçado.

"Cars" que é - para mim, de longe... muito longe, mesmo - o pior (argh) filme da Pixar, ganhar esse prémio(!)
Espero que o moralismo patético da Disney não comece a entranhar-se no espírito criativo da Pixar que, até agora, tinha conseguido manter-se a uma certa distância e independência - mesmo que relativa.
Caso contrário: Adeus PIXAR.
(Pelo menos para mim)

:-(

Miguel Marujo disse...

irritante, não: ignorante, má oralmente, pindérica na roupa ela, uma serenella andrade 20 anos mais nova... eu por mim fiz outra leitura ;), aqui: http://cibertulia.blogspot.com/2007/01/globos-de-ouro-ao-minuto-fomos-ao.html

_Loot_ disse...

Não posso falar muito sobre os filmes porque não vi a maior parte, mas surpreendeu-me a vitória do dreamgirls sobre o little miss sunshine.
Gostei da vitória do Hugh Lauire, por ele é um verdadeiro senhor, fantástico.
Gosto da anatomia de grey mas estava a torcer pelo heroes, uma série nova, original e viciante.

wasted blues disse...

Também não costumo ver os Globos de Ouro. Aliás, até ontem nem estava bem a par dos nomeados. Simplesmente, como estive a trabalhar, acabei por seguir mais ou menos quem ia vencendo. Achei que foi uma noite sem surpresas, mas não posso comparar com outros anos porque nunca tinha visto.

Quanto ao AXN, pelo que me contam, ainda bem que não tinha som...

Já agora, habitante, eu gostei de 'Cars', embora admita que seja o filme mais "disney" que fizeram até hoje. No entanto, também não consigo ver a Disney apenas como um poço de moralismo desenfreado. A Disney é responsável, em grande parte, pelo meu imaginário de criança. Os seus clássicos continuam a ter a mesma beleza de sempre, apesar do filmes mais recentes serem facilmente esquecidos.

R. disse...

Hugh Laurie fantástico como sempre! Mas confesso que fiquei aborrecido por o actor que faz de Hiro Nakamura na série Heroes não ter sido galardoado.. it's a shame.


PS: Nem sei se o senhor estava nomeado, mas se não estava devia estar.

shivers disse...

R. - Sim, Masi Oka foi nomeado na categoria de melhor actor secundário...

Só um aparte, apesar de não ser genial considero o 'Cars' como o melhor filme da Pixar, mas de longe... Sempre achei os filmes muito idênticos.

brain-mixer disse...

Óscares polémicos, este ano só se não nomear em algumas categorias o Children of men. Se Babel "limpar" as categorias mais importantes, desligo-me dos Óscares...