30 julho 2006

Little black dress

Photobucket - Video and Image Hosting

Manhã cedo em plena 5th Avenue...

Na rua deserta aparece um carro que pára mesmo em frente à Tiffany's. Uma figura esguia sai do carro e toma o pequeno-almoço junto à montra da famosa joalharia. É um croissant e um café.

Audrey tem o cabelo preso num delicado equilíbrio e uns óculos escuros (quase) demasiado grandes para a sua cara. Tem ainda um vestido preto, comprido e justo, que lhe torna os passos pequenos.

Um vestido, desenhado por Hubert de Givenchy, que vai a leilão a 5 de Dezembro, na casa Christie's, em Londres. A licitação começa em 70 mil libras e o dinheiro conseguido vai ser utilizado em causas humanitárias na Índia, através do grupo City of Joy Aid.

3 comentários:

H. disse...

Pelo que li a personagem fora escrita a pensar na Marilyn... Acho a Audrey adorável, mas pouco mais (eu sei, heresia, mas é daquelas coisas que nem se sabe bem explicar!)

R. disse...

A Audrey tinha quelque chose... Lá está, era outra era. Estrelas com "e" grande.


R.


PS: A "plateia" congratula a gerência pelo retorno da verdadeira face do "Wasted Blues".

wasted blues disse...

Não terá sido escrita a pensar na Marilyn... mas na adaptação ao cinema, Truman Capote queria que fosse ela a interpretar o papel de Holly!

Eu acho que a Audrey era... bem, isso fica para um próximo 'Only angels have wings' ;)

R., combina mais com o espírito de férias a partir de hoje) :P